Entre em contato (11) 2023-6299 | contato@wimpel.com.br
Rua Maria Carlota, 661 - Vila Esperança - São Paulo - SP - CEP: 03647-000 Soluções Industriais

Funcionalidade dos compressores de ar

Gostou? compartilhe!

Funcionalidade dos compressores de ar

Funcionalidade dos compressores de ar

Escolher um compressor de ar pode te deixar meio perdido, caso você não saiba o que procurar. Isso acontece porque compressores de ar alimentam diversos tipos de ferramentas em uma ampla rede de aplicações. Para conseguir um fornecimento de ar correto, você deve buscar conhecimento.

 

Bom, um compressor de ar não é nada mais nada menos que um gerador de energia, ou seja, ele vai fornecer energia para você movimentar seus equipamentos pneumáticos. E para cada equipamento será necessário um determinado consumo de ar e uma pressão de operação diferente, e às vezes um equipamento mais complexo, pode gerar algumas dúvidas pelo caminho.

 

Separamos para você, algumas perguntas e dicas que te ajudarão a utilizar seu equipamento da melhor forma, vamos lá?

 

O que seria um compressor de ar?

Um compressor de ar trabalha exclusivamente com ar, meio óbvio né? A característica básica de funcionalidade é de converter movimentos mecânicos, gerados por energia elétrica em ar comprimido. Existem diversos modelos e tipos de compressores, cada um com seu propósito de utilidade, por exemplo, os compressores de ar direto e de ar comprimido. Os compressores têm diferentes tamanhos e diferentes capacidades, identificadas por libras de ar, ou por pés cúbicos por minuto (PCM).

 

Aonde pode ser utilizado o compressor de ar?

Hoje em dia está cada vez mais comum encontrarmos equipamentos que atuem com ar comprimido para as mais diversas finalidades, como por exemplo, compressor para aerógrafo na pigmentação de barba e cabelo. Os compressores de ar podem ser utilizados por diversos segmentos do mercado e até mesmo para uso doméstico. Para cada segmento, há diferentes capacidades de compressores. Por causa disso muitas pessoas, empresas, revendedoras e distribuidoras estão sempre procurando novos modelos de compressores de ar, buscando índices de desempenhos mais adequados às necessidades específicas de cada situação.

 

Uso doméstico: Um compressor de ar para uso doméstico não necessita de tanta pressão. Sua intensidade de trabalho não é a mesma  que um equipamento industrial. Por isso, o recomendado, é um compressor de ar com baixa capacidade, o qual permite realizar diversas atividades em residências, exemplo: para pinturas de portas e janelas. Geralmente um compressor de 2,6 pés cúbicos/minuto (PCM) com reservatório de 25L, atende bem a maioria das aplicações domésticas. Existem também no mercado, kits de pistola e compressor, que fazem bem pinturas de paredes, portas. Portanto, escolha modelos compactos que poderão ser facilmente guardados e transportados.

 

Uso profissional: Em oficinas mecânicas, borracharias, funilarias, por exemplo, você pode utilizar um compressor de baixa ou alta pressão, acima de 15 PCM. Existe um compressor classificado como linha branca, por ser isento de óleo, que geralmente é usado em consultórios dentários. Se você é um profissional de artesanato, ou trabalha com aerógrafos, o compressor indicado são os de ar direto.

 

Uso industrial: Em indústrias, geralmente o compressor utilizado é o chamado modelo parafuso, ou linha W. Ele não tem reservatório, porém não é ar direto, ele joga o ar em uma rede de ar. Normalmente trabalha acima de 60 PCM, e permite alimentação de ar em diversos equipamentos ao mesmo tempo.

 

Como é o funcionamento de um compressor de ar?

O ar entra através da válvula de admissão e após ser comprimido pelo pistão é enviado pela válvula de escape para a próxima câmara, por onde passará pelo mesmo processo antes de ser enviado para o equipamento que utiliza ar comprimido, isto em compressores de ar direto, já os demais, deixe ligado um pouco antes, para que o ar seja armazenado.

 

Qual a finalidade de um compressor de ar?

Como já dissemos, ele tem a finalidade de armazenar e manter o ar sob a pressão necessária para alimentar o equipamento a ser utilizado, não só na área de funilaria e pintura, como também na industrial, artesanal e até mesmo para hobby.

 

Os principais modelos de compressores de ar são:

Compressor de aerógrafo: Os compressores de aerógrafo têm a capacidade para realizar pequenos reparos, plastimodelismo, aeromodelismo, pinturas com tintas comestíveis para confeitaria, entre outros. Esse tipo de compressor geralmente é bivolt, de ar direto e tem pressão de trabalho entre 10 a 25 libras e tem filtro regulador de ar embutido.

Aviso: Evite colocar compressores de ar portáteis onde eles possam cair, por terem uma leve pressão ao serem utilizados.

 

 mpitemporario.com.br/projetos/www.wimpel.com.brmpitemporario.com.br/projetos/www.wimpel.com.br

 

Compressor de ar direto: Os compressores de ar direto foram desenvolvidos para realização de pequenos reparos, também são bivolt e exerce a pressão de trabalho de 35 libras.

 mpitemporario.com.br/projetos/www.wimpel.com.brmpitemporario.com.br/projetos/www.wimpel.com.br

Os compressores de ar direto são aqueles que não têm reservatório, portanto, não armazenam o ar, assim que for desligado a produção de ar é cortada imediatamente. Para a utilização do compressor de ar direto, se faz necessário uso adequado de uma pistola para esse tipo de compressor. A pistola de ar direto (AD) é a ideal, pois o ar flui diretamente sem interrupções. Uma pistola adequada de Ar Direto trabalha com uma pressão entre 20 a 30 libras ou PSI (pressão do ar). Sempre leia o manual, e siga as orientações. Deixamos abaixo duas dicas que sempre consideramos:

 

Realizar pausas de 10 min a cada 30 min trabalhados para que esfrie.

Não ligar com a válvula de pressão fechada.

Motocompressor: Os motocompressores são largamente utilizados na linha hobby/profissional, por serem compactos e fáceis de transportar. Geralmente, são para executar serviços domésticos, como já dito, pintura de portões, portas, cadeiras, pequenas estruturas, entre outros. Esse modelo tem reservatório, armazena o ar comprimido. Trabalha com pistolas de gravidade e sucção.

 mpitemporario.com.br/projetos/www.wimpel.com.br

MP-2040

Se você utiliza o compressor de ar no dia a dia, seja no trabalho ou em casa, é importante saber as melhores maneiras de usar o seu equipamento. Equipamentos de ar podem ser perigosas, então, muito cuidado e atenção. Leia os manuais para se manter seguro.

 

Separamos algumas orientações para você utilizar muito bem seu compressor.

 

Dicas:

1. Leia o manual do usuário

Essa é a primeira dica que você deve saber. Isso garante que o compressor de ar seja utilizado corretamente. E você irá trabalhar com segurança.

2. Nivele o compressor de ar

Procure um local adequado para o compressor, lembre-se, dependendo do trabalho que você realizará, o compressor pode pegar um pouco do seu espaço. Ele deve estar nivelado para que a lubrificação do equipamento não fique comprometida.

3. Use uma fiação adequada

Nada de usar qualquer tipo de fiação para ligar o compressor de ar, ok? Se o seu compressor for do tipo trifásico, nunca o ligue diretamente na rede elétrica, pois pode acontecer um acidente. Use um fio adequado e a chave de partida com proteção de acordo com a corrente e a potência do motor do compressor.

4. Verifique se a rede é compatível

Caso queira substituir o compressor de ar por outro de maior rendimento ou de maior pressão, verifique se a rede de ar atual é compatível com o novo produto e vise e versa. Dessa forma, você irá garantir uma melhor utilização do seu equipamento.

5. Prefira equipamentos de motores trifásicos

Em linha industrial escolha compressores com motor trifásico. Esse sistema de ligação permite uma economia maior de energia, prolongando assim a vida útil do seu compressor.

6. Drene o reservatório de ar

O acúmulo de água no reservatório é relativo à umidade do ar, e isso não depende do compressor. Portanto, drene regularmente o reservatório de acordo com a frequência de uso. A forma mais eficiente de se fazer isso é com o dreno automático ou no final de seu dia de trabalho.

7. Limpe e troque o filtro

Para utilizar melhor seu compressor de ar é importante limpar e trocar o filtro. Lembre-se que a durabilidade e a eficiência do compressor dependem dessa limpeza. Regular a troca de óleo, a drenagem do reservatório e a limpeza do filtro, são ações importantes. Portanto, deixe o compressor com a limpeza em dia!

8. Consulte profissionais experientes

No caso de compressores grandes, com reservatório, consulte profissionais experientes para o melhor dimensionamento e a instalação de redes.

9. Fique de olho nos acessórios

O compressor de ar tem vários acessórios que são essenciais para que ele funcione corretamente. Qualquer produto danificado pode prejudicar o funcionamento do mesmo. Por isso, fique atento a qualquer atividade incomum que não pareça adequada com seu equipamento e se não conseguir resolver, peça ajuda.

10. Utilize os equipamentos de EPI

Além dessas recomendações, nunca se esqueça de utilizar os EPI’s para cada tipo de trabalho. Evite acidentes, utilize óculos de proteção, luvas, macacões e protetores auditivos, entre outros indicados para a sua atividade.

Esperamos, com essa matéria ter colaborado para você comprar seu compressor e fazer ótimos trabalhos! Coloque nossas dicas em prática e cuide bem do seu equipamento. Até a próxima!



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Wimpel Whatsapp Wimpel